domingo, 28 de fevereiro de 2010

A MANSIDÃO DE MOISÉS

“E era o homem Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra.” (Nm.12:3).
A mansidão é uma qualidade desejável para qualquer pessoa, especialmente para o cristão. Jesus disse de si mesmo “sou manso e humilde de coração.” (Mt.11:29). Alguns acham que mansidão e humildade são sinônimos. Mas talvez mansidão seja uma das características de uma pessoa humilde. Sabemos que “Deus resiste aos soberbos mas dá graça aos humildes.” Jesus também disse “Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra.” (Mt.5:5). E em Gálatas 5:22, mansidão é fruto do Espírito Santo.

O Espírito Santo, por meio do escritor sagrado, testifica que Moisés era o homem mais manso que havia sobre a terra. Bem, ele não viveu no tempo de Jesus. Mas será que essa mansidão de Moisés era uma qualidade inata ou aprendida? Seria um traço de seu temperamento ou algo que lhe foi acrescentado? Vamos dar uma olhada na vida de Moisés. Moisés foi criado como egípcio, mas sabendo que era um hebreu. Quando já adulto, vendo um egípcio maltratando um hebreu, matou o egípcio, e escondeu-o na areia. Será que essa é a atitude de um homem manso? Quando faraó soube do ocorrido, quis matar Moisés, que fugiu para a terra de Midiã. Ali, junto a um poço, defendeu as sete filhas do sacerdote de Midiã, que eram molestadas por alguns pastores. Seria essa a atitude de uma pessoa mansa? Pode ser, porque ser mansão não significa ser covarde, nem medroso, pois Jesus, mesmo sendo manso, expulsou os vendilhões do templo, com um chicote na mão.(João 2:15).

Em Ex.11:8b é dito de Moisés “E saiu da presença de faraó ardendo em ira.” E em Ex. 16:20 porque o povo não lhe obedeceu, com respeito ao maná, está escrito “por isso indignou-se Moisés contra eles.” Serão essas, atitudes de uma pessoa mansa? E em Ex. 32:19: “E aconteceu que, chegando Moisés ao arraial, e vendo o bezerro e as danças, acendeu-se-lhe o furor, e arremessou as tábuas das suas mãos, e quebrou-as ao pé do monte.” Certamente Moisés não era manso por natureza, mas o elevado nível de mansidão por ele alcançado, era fruto de sua intensa comunhão com o espírito Santo. Esse nível de comunhão é alcançado, principalmente, por meio da oração. Depois de passar quarenta dias no monte, com Deus, sem comer e sem beber, o rosto de Moisés brilhava. Deus também tira do Espírito que está sobre Moisés, e o coloca sobre os setenta anciãos, que o ajudaram. (Nm.11:17).

A mansidão é a saúde mental e emocional, proporcionada pelo Espírito Santo, àqueles que se submetem a Ele. Nesta época de stress e depressão, o ser humano vive tomado por emoções negativas, como medo, nervosismo, síndrome do pânico, impaciência. Aliás, creio que a impaciência é um sintoma revelador, de uma personalidade arrogante, que se enerva quando as coisas não são feitas à sua maneira, e no seu tempo. Não é por acaso que Moisés nos é apresentado, como um líder “mui manso”. Deus quer, em todos os tempos, na igreja e no mundo, líderes mansos, para que possam tomar decisões equilibradas e sensatas. Já que a mansidão é um fruto do Espírito Santo, ela está disponível a todos que queiram busca-la, na comunhão com Ele.

Mas, uma qualidade que tem origem no Espírito Santo, tem de ser velada dia após dia, vigiando, pois senão, poderemos ter uma recaída, como aconteceu com Moisés. Em Nm.20:2-12, o povo contendeu com Moisés, por causa da falta d'agua. Orientado por Deus, Moisés desobedeceu, ferindo a rocha, em vez de falar à rocha, como Deus tinha mandado. Porém, no Salmo 106:32.33, diz o verdadeiro motivo da desobediência de Moisés. “Indignaram-no também junto às águas da contenda, de sorte que sucedeu mal a Moisés, por causa deles; Porque irritaram o seu espírito, de modo que falou imprudentemente com seus lábios.” Mesmo sendo um homem manso, a rebeldia do povo, por causa da falta dagua, provocaram indignação e irritação em Moisés, embotando a sua mente, levando-o a desobedecer a Deus. Por causa disso, ele não entrou na terra prometida. Moisés caiu naquilo que era o seu ponto forte. Pode acontecer com qualquer um. Cultive a virtude da mansidão, para que você seja bem-aventurado, se livre de grandes complicações, e tome posse das promessas de Deus para a sua vida.

2 comentários:

Marcio Siqueira disse...

Como assim manso? Moisés era um assassino cruel.

MARCOS FABIANO M. PEREIRA disse...

Oi Marcio a mansidao de Moises nao era vista talvez pelo seu temperamento ...mas sim pelo tanto de obediencia que ele prestava ao Senhor..sua mansidao e vista tbem pelo pelo fato de ele nao ter escolhido e dado seu propio parecer na construcao do tabernaculo, pelo contrario ele fez conforme todo modelo que foi lhe dado no monte.



Deus continue abencoando a todos...